SUMMA DAEMONIACA

Tratado de Demonologia e Manual de Exorcistas

Por: JOSÉ ANTONIO FORTEA

 

Por mim se vai para a cidade do pranto; por mim se vai para a eterna dor; por mim se vai para a raça condenada: a justiça moveu o meu sublime arquiteto; fez-me o Divino Poder; a Suprema Sabedoria e o primeiro Amor. Antes de mim nada foi criado, com exceção do imortal, e eu duro eternamente. Oh vós que entrais, abandonai toda a esperança!

INSCRIÇÃO QUE DANTE ALIGHIERI COLOCA NO DINTEL DE ENTRADA PARA O INFERNO

TODAS AS SEMANAS UMA QUESTÃO DO LIVRO

INFORMAMOS QUE A NOSSA COMUNIDADE NÃO POSSUI OS DIREITOS DE AUTOR DO LIVRO MAS FOI AUTORIZADA A PUBLICAR CERCA DE 35 PÁGINAS PELA EDITORA DESDE JÁ OS NOSSOS AGRADECIMENTOS       

SUMMA DAEMONIACA

DEMÓNIO, EXORCISMO E ORAÇÃO DE LIBERTAÇÃO EM 20 QUESTÕES

1. Os demónios existem? Sim, existem. «A existência dos seres espirituais, não-corporais, a que a Sagrada Escritura habitualmente chama anjos, é uma verdade de fé»[2]. Alguns desses anjos, criados bons por Deus, liderados por Satanás, também chamado Diabo, «radical e irrevogavelmente recusaram...

1 - O QUE É UM DEMÓNIO?

SUMMA DAEMONIACA Tratado de Demonologia e Manual de Exorcistas Por: JOSÉ ANTONIO FORTEA   O QUE É UM DEMÓNIO? Um demónio é um ser espiritual de natureza angélica condenada eternamente. Não tem corpo, não existe no seu ser nenhum tipo de matéria subtil, nem nada semelhante à matéria, mas...

2 - PORQUE É QUE DEUS PÔS À PROVA OS ESPÍRITOS ANGÉLICOS?

QUESTÃO 2 PORQUE É QUE DEUS PÔS À PROVA OS ESPÍRITOS ANGÉLICOS?   Porque é que não concedeu a visão beatífica a todos quando os criou? Porque arriscou a que alguns se convertessem em demónios? Deus poderia ter criado espíritos angélicos e ter-lhes concedido diretamente a graça da visão...

3 - PORQUE É QUE DEUS NÃO TIRA A LIBERDADE QUANDO ALGUÉM COMEÇA A PECAR?

QUESTÃO 3 PORQUE É QUE DEUS NÃO TIRA A LIBERDADE QUANDO ALGUÉM COMEÇA A PECAR? Porque é que Deus não retira a liberdade quando vê que alguém avança pelo caminho do mal? Não o fez porque realizar tal coisa suporia que tal espírito ficaria já para sempre no mal. Permitir que continue a...

4 - OS DEMÓNIOS SÃO TODOS IGUAIS?

QUESTÃO 4 OS DEMÓNIOS SÃO TODOS IGUAIS? Já vimos que cada demónio pecou com uma determinada intensidade. Além disso, cada demónio pecou num ou vários pecados em especial. A rebelião teve a sua raíz na soberba, mas nessa raíz nasceram outros pecados. Isso vê-se nos exorcismos com grande...

5 - ZOOLOGIA E DEMONOLOGIA

QUESTÃO 5  ZOOLOGIA E DEMONOLOGIA Poderíamos dizer que existe um certo paralelismo entre a zoologia e a demonologia. Embora cada ser angélico seja completamente distinto de qualquer outro, já que esgota a sua forma (sentido filosófico), é possível englobá-los em grandes...

6 - ASTRONOMIA E DEMONOLOGIA

QUESTÃO 6 ASTRONOMIA E DEMONOLOGIA Existe um certo parelelismo entre a astronomia e a demonologia. Um sistema solar é como uma espécie de parábola do que é Deus, os anjos e os demónios. Deus seria o Astro-Rei, à volta do qual giram todos os astros do sistema solar, por Ele é o...

7 - QUAIS SÃO OS NOMES DOS DEMÓNIOS?

QUESTÃO 7 QUAIS SÃO OS NOMES DOS DEMÓNIOS? Satã: é o mais poderoso, inteligente e belo dos demónios que se rebelaram. Chama-se-lhe Satã ou Satanás no Antigo Testamento. A sua raiz primitiva significaria “atacar”, “acusar”, “ser um adversário”, “resistir”. Satã significaria “adversário”,...

10 - QUAL É A LINGUAGEM DOS DEMÓNIOS?

QUESTÃO 10  QUAL É A LINGUAGEM DOS DEMÓNIOS? A linguagem dos demónios é exactamente a mesma que a dos anjos. Os anjos não necessitam de nenhuma língua, nenhum idioma para comunicarem entre si com espécies inteligíveis. As espécies inteligíveis são os pensamentos que se transmitem...

11 - ONDE ESTÃO OS DEMÓNIOS?

QUESTÃO 11  ONDE ESTÃO OS DEMÓNIOS? Tanto as almas dos condenados como dos demónios não podem situar-se nas coordenadas dos espaço. Tão-Pouco se pode dizer que estejam noutra dimensão. O que significa para um espírito estar ou não estar numa dimensão? Simplesmente não estão em...

12 - OS DEMÓNIOS CONHEÇEM O FUTURO?

QUESTÃO 12 OS DEMÓNIOS CONHEÇEM O FUTURO? Eles não vêem o futuro, mas às vezes podem conjecturá-lo. Com a sua inteligência, muito superior à humana, podem deduzir pelas suas causas  alguns factos que acontecerão no futuro. O que pertence só à liberdade humana está indeterminado e...

13 - PODE UM DEMÓNIO PRATICAR ALGUM ACTO BOM?

QUESTÃO 13 PODE UM DEMÓNIO PRATICAR ALGUM ACTO BOM? O demónio não está sempre a fazer o mal, muitas vezes, simplesmente, pensa. E nisso não faz mal algum, é um mero acto da sua natureza, Contudo, o demónio não pode praticar actos morais sobrenaturais. Isto é, não pode praticar um acto...

14 - PODE O DEMÓNIO EXPERIMENTAR ALGUM PRAZER?

QUESTÃO 14  PODE O DEMÓNIO EXPERIMENTAR ALGUM PRAZER? O Demónio não goza com nenhum dos nossos cinco sentidos. Só goza com a sua inteligência e a sua vontade. Pode parecer que é pouco, mas não é. Os prazeres intelectuais podem ser tão variados como os dos nossos cinco sentidos....

15 - O DEMÓNIO É LIVRE DE FAZER MAIS OU MENOS MAL?

QUESTÃO 15 O DEMÓNIO É LIVRE DE FAZER MAIS OU MENOS MAL?   O demónio faz o mal quando quer, ninguém o obriga a fazê-lo. É um ser livre, e a sua vontade é que decide fazer as coisas quando quer. Deseja fazer o mal, e para o conseguir tem que tentar. Mas para tentar tem que...

16 - QUAIS SÃO OS DEMÓNIO MAIS MALIGNOS?

QUESTÃO 16  QUAIS SÃO OS DEMÓNIO MAIS MALIGNOS?   Poderia parecer que os demónios mais perversos são os da mais alta hierarquia, mas não é assim. Não há relação entre natureza e pecado. Uma natureza angélica da última hierarquia pode ser muito mais perversa que a de um...

A Santa Sé aprovou os Estatutos da Associação Internacional dos Exorcistas

Roma,

 

Por decreto de 13 de Junho de 2014, a Congregação para o Clero reconheceu juridicamente a Associação internacional de exorcistas (AIE). Baseado no cânon 322 § 1º do Codex iuris canonici os estatutos foram aprovados, dando-lhe personalidade jurídica privada, como associação privada internacional de fiéis de acordo com o cânon 116 § 2º, com todos os direitos e obrigações estabelecidos pelo Código.

 

L'Osservatore Romano divulgou a notícia, informando que a ideia de reunir em associação os exorcistas apareceu na Itália e veio do pe. Gabrele Amorth, religioso da Sociedade São Paulo, nos anos 80 do século passado.  Naquela época, de fato, estava se espalhando práticas ocultas e um número crescente de fiéis, acreditando-se em perigo ou ameaçados, dirigiam-se aos exorcistas. Então, amadureceu a ideia de reunir os exorcistas para trocar experiência e reflexões para, assim, poder oferecer uma ajuda mais concreta e eficaz às pessoas que os procuravam. Isso deu como resultado, no 4 de setembro de 1991, a Instituição da Associação italiana dos exorcistas, que hoje conta com 250 exorcistas provenientes de 30 nações.

Em 1993, o padre Amorth e outros exorcistas italianos participaram do congresso organizado pelo exorcista francês René Chenessau e pelo teólogo René Laurentin. A experiência foi positiva, e foi repetida em 1994, em Ariccia, onde se decidiu dar continuidade a estes encontros internacionais, realizados a cada dois anos. Foi eleito presidente da estrutura organizacional o Pe. Amorth e escreveu-se um rascunho dos estatutos de uma associação internacional.

O padre italiano retirou-se no 2000, propondo como sucessor o pe. Giancarlo Gramolazzo, religioso orionita que se manteve à frente por três mandatos sucessivos, comprometendo-se também a elaborar e submeter à Santa Sé novos estatutos para a associação. Morreu em 2010 o pe. Gramolazzo, o caminho foi continuado pelo capuchinho Cipriano de Meo, presidente interino, o qual, em 2012, foi sucedido pelo padre Francesco Bamonte, dos Servos do Coração Imaculado de Maria, exorcista da diocese de Roma.

A aprovação da IEA pela Santa Sé "é motivo de alegria não só para nós associados, mas para toda a Igreja", afirmou o pe. Bamonte ao jornal Vaticano. O sacerdote recorda como Deus chama alguns sacerdotes "para este valioso ministério do exorcismo e da libertação", com a tarefa de "acompanhar com humildade, fé e caridade as pessoas que necessitam de um cuidado espiritual e pastoral específicos", a fim de apoiá-las e incentivá-las no "caminho da libertação e para reaviva-las na esperança."

O então presidente da AIE espera que "outros sacerdotes sejam conscientes desta realidade dramática, muitas vezes ignorada ou subestimada", uma vez que também "o exorcismo é uma forma de caridade, para o benefício de pessoas que estão sofrendo", e, sem dúvida, faz parte das "obras de misericórdia espirituais e corporais”. (Trad.T.S.)

 

fonte:http://www.zenit.org/pt/articles/a-santa-se-aprovou-os-estatutos-da-associacao-internacional-dos-exorcistas

É possível libertar uma pessoa da possessão demoníaca?

Amorth2Entrevista com o Padre Gabriele Amorth, por Stefano Stimamiglio

Padre Gabriele, uma pessoa pode ser libertada sem saber, ou seja, através da oração dos outros?

É possível que a oração de uma comunidade cristã, dos familiares ou amigos prepare o caminho para a plena cura. Mas por experiência, digo que a libertação não acontece contra a vontade da própria pessoa. Sem a contribuição ativa da pessoa, feita de uma intensa vida de fé sustentada pelos sacramentos e pela oração, a libertação não acontece. O risco que vejo no caso de possessão ou outro mal é o de permanecer sozinho, isolado, sem apoio. Ter uma comunidade paroquial, uma comunidade da Renovação Carismática, de um outro movimento, ou amigos que rezam para a sua libertação é verdadeiramente uma graça da qual deve-se glorificar a Deus.

Se uma pessoa não quer ser exorcizada, ou receber uma oração, devemos deixá-la?

Não se pode obrigar alguém a receber um exorcismo, ou uma oração de libertação contra a sua vontade. Frequentemente é o espírito malígno que manipula, algumas vezes de forma invensível, uma pessoa a não querer receber a oração. Após a oração, ou o exorcismo, muitas vezes acontece que a pessoa parece quase “mais consciente”, novamente capaz de possuir suas próprias faculdades voluntárias. É a confirmação que a oração fez efeito, que porém pode ser apenas temporário.

Em qual sentido?

No sentido que a libertação definitiva não aconteceu ainda e que, a qualquer momento, a pessoa pode recair no seu estado apático e negativo. Mas este “momento de consciência” é um bom sinal, o caminho já foi traçado e é preciso somente percorrê-lo.

Existem também pessoas que possam descobrir o mal que aconteceu a elas frequentando um lugar santo? cruz

Acontece sobretudo quando se vai a santuários marianos, onde não é raro realizar libertações, ou quando participa-se de um retiro, procissões ou adorações eucarísticas. Talvez tenha-se vivido um passado um pouco conturbado e, naquela ocasião, o fato se manifesta de maneira mais clara e evidente. É o sinal de que o demônio permaneceu escondido até quando pode, mas diante da potência de Deus precisou se manifestar. Este fato, contrariamente ao que se pode pensar, é um momento de graça, porque somente conhecendo a doença é possível curá-la.

 

Fonte: Aleteia

fonte: http://www.comshalom.org/e-possivel-libertar-uma-pessoa-da-possessao-demoniaca/